A evolução do marketing – uma breve visão geral

evolução de marketing


Todos sabemos que o marketing é importante no mundo de hoje. Uma campanha de marketing bem-sucedida não apenas determinará quais produtos venderão melhor; pode realizar muito mais do que isso. Pode (e fez) decidir sobre o próximo presidente da nação mais influente do mundo.

O velho ditado, “tenha um bom produto, e ele se venderá” não é mais verdade. Hoje em dia, é mais “bom marketing e você quase não precisa de um produto”. Ou, mais provavelmente, “tenha um marketing ruim e, não importa quão bom seja o seu produto, você está ferrado”: mas nem sempre foi assim.

O marketing é antigo – as pessoas sempre quiseram destacar seus produtos, tentando vencer a concorrência e fazer com que você comprasse deles. Mas, no mundo de hoje, o marketing é um negócio para si – as pessoas estudam nas universidades, dedicam suas vidas tentando melhorá-lo e ganham milhões de dólares fazendo isso. Tanto para si como para os produtos que eles estão tentando vender. Neste artigo, examinaremos a história do marketing, mostrando como tudo começou, quão rápido cresceu, onde está agora e para onde irá no futuro. Fique conosco.

Mundo pós-industrial – onde tudo começou

começando o marketing

O mundo pós-industrial abriu novos mercados e concorrência. As indústrias de manufatura cresceram rapidamente e isso resultou em mais produtos disponíveis para as pessoas comuns. Como os trabalhadores regulares podiam comprar mais coisas, as empresas queriam convencê-los de que seu produto é o melhor. No entanto, o marketing real teve que esperar até os anos 60 – antes disso, os vendedores ainda acreditavam em como um bom produto se venderia..

Nos anos 60, grandes marcas dominavam as indústrias. Eles tinham marketing, mas seu único objetivo era reforçar ainda mais seu monopólio. Nas filiais onde uma grande marca estava presente, todos os outros concorrentes em potencial foram desencorajados a entrar na corrida. E não era sobre a qualidade – o monopólio do produto permitiu que grandes marcas vendessem produtos de menor qualidade a preços mais altos. Tudo isso teve que mudar, e mudou.

Produção em massa

As coisas começaram a melhorar nos anos 80. A tecnologia e a indústria alcançavam novos patamares ano após ano, e novos fabricantes começaram a inundar todas as áreas do mercado. Isso resultou em uma concorrência saudável e, em breve, os vendedores começaram a procurar novas formas de promover seus produtos..

Isso os leva diretamente a perguntar a seus clientes. De repente, os fabricantes começaram a cuidar das opiniões de seus clientes, e não apenas de seu dinheiro. No entanto, nem tudo foi ótimo. A concorrência forçou os fabricantes a reduzir a qualidade de seus produtos, a fim de manter as despesas e os preços baixos. Os vendedores foram incentivados apenas a vender e vender mais, não importa o que você alcançou sua meta ou se foi.

Mudança de qualidade

Os anos 90 avançaram um pouco mais na direção certa. Fabricantes e vendedores perceberam que os consumidores desejam qualidade e que, se você lhes der um bom produto, eles estão dispostos a pagar mais. Além disso, surgiram novas tendências – as pessoas começaram a se preocupar com o meio ambiente, preocupações sociais e agendas semelhantes.

Os produtos que fizeram parte da “nova era”, promovendo alguns valores saudáveis, foram vendidos melhor. Os profissionais de marketing viram a oportunidade e aderiram ao fluxo. O marketing holístico nasceu. Os produtos começaram a promover caridade, doações e atividades sociais. Os produtos “ecológicos” e ecológicos eram cada vez mais populares, e as pessoas estavam dispostas a pagar mais apenas para obter um produto melhor para o meio ambiente. Falsificado ou não, esse marketing funcionou e ajudou a coletar quantias pesadas pelas causas certas.

século 21

A Internet estava crescendo nos anos 90, mas, no novo século, tornou-se generalizada e muito mais rápida. Isso permitiu aos fabricantes originais e menores chegarem diretamente a seus clientes. Novas marcas surgiram e um novo tipo de marca começou a contar suas histórias, permitindo que seus compradores e clientes se relacionassem e se identificassem. Novas marcas começaram a cuidar dos clientes e estavam genuinamente curiosas sobre as opiniões e feedback dos clientes.

A experiência do cliente tornou-se parte essencial de todo o processo. O cliente não compraria apenas o produto; eles comprariam a história inteira por trás disso. Além disso, o cliente se tornaria um comercial sem fôlego – vinculando-se firmemente à marca, as pessoas começariam a recomendá-lo a seus amigos e familiares.

A Era Online

marketing on-line

Hoje tudo ficou online. Com as modernas ferramentas da Internet, os profissionais de marketing têm mais insights sobre o comportamento do cliente do que nunca. Ao coletar e analisar dados de tráfego, os profissionais de marketing podem ajustar a estratégia, atingindo diretamente seu público-alvo..

Além disso, como todos os mercados são inundados, as campanhas de marketing tentam ser mais específicas, visando grupos de clientes menores e mais específicos. Hoje, é muito melhor ter um exército menor de seguidores quase cultos, que promoverá seu produto de alta qualidade (e mais caro) sempre que puderem do que ter uma solução genérica e de baixo custo para as massas, que sem reputação.

Nos anos 90 e início de 2000, um site era apenas um lugar onde as empresas deixavam algumas informações básicas, permitindo que você as contatasse de uma maneira diferente. Mas, à medida que a Internet cresceu, tudo mudou.

Atualmente, você não encontra um site genérico; ninguém quer jogar com sua reputação. Empresas ainda menores têm sites chamativos. Todo mundo está tentando contar a sua história pessoal nessas páginas “como tudo começou”. A página “Nossa visão” mostrará como as empresas são criadas não pelo dinheiro (sim, certo), mas por alguns objetivos mais altos que beneficiariam toda a humanidade. E cada página “sobre nós” mostrará o quão emocionante e única a equipe é nessa empresa em particular, como nenhuma outra no mundo.

Novas ferramentas

A Internet também enfatizou novas áreas de marketing, por exemplo, Search Engine Optimization. Você pode ter o site mais bonito e os produtos mais interessantes, mas se seus clientes não conseguirem encontrá-lo no mar de sites semelhantes, está pronto. Todo mundo começa a navegar na Internet nos mecanismos de pesquisa (leia-se: Google), então saber como eles funcionam se tornou muito importante. O SEO apareceu quase da noite para o dia, e o novo jogo de gatos e cães começou. Os especialistas em SEO estão constantemente tentando encontrar novas maneiras e buracos para colocar seus sites no topo das listas de resultados de pesquisa, enquanto o pessoal do Google tenta inventar e implementar novas regras para manter os resultados de pesquisa honestos e éticos..

Os blogs são outra forma de marketing na internet. Eles costumavam ser simples diários online, mas agora são muito mais do que isso. As empresas usam blogs para compartilhar informações com seus clientes em primeira mão, permitindo que eles entrem no mundo de seus produtos favoritos. Eles são usados ​​para criar reconhecimento da marca, melhorar a experiência do cliente e gerar leads.

E, finalmente, as mídias sociais – essa é uma ótima ferramenta para chegar diretamente aos clientes. Além disso, gigantes de mídia social como o Facebook têm suas próprias ferramentas de marketing que permitem segmentar com precisão grupos demográficos específicos – por gênero, idade, local e até pontos de vista políticos. Os profissionais de marketing estão vendo o potencial da divulgação nas mídias sociais e estão gastando mais tempo e investindo mais dinheiro nesse ramo de marketing.

Conclusão

Ninguém pode ter certeza para onde o marketing estará indo no futuro, mas existem alguns sinais definitivos. Primeiro, móvel. A navegação em dispositivos móveis superou a navegação em computadores há dois anos e essa tendência não será interrompida tão cedo. Os profissionais de marketing estão adotando a navegação móvel e continuarão a fazê-lo no futuro.

O marketing mudou muito nos últimos 70 anos. Antes disso, era praticamente o mesmo (quase inexistente). Mas, quando a indústria começou a crescer e as novas marcas inundaram os mercados, tudo mudou, em um período muito curto.

Mas o verdadeiro avanço veio com o surgimento da Internet. O marketing online levou todo o ramo a um novo nível. No passado, os profissionais de marketing eram vistos de cima por outros especialistas econômicos, como um tipo menor. A internet mudou tudo isso – o marketing agora é mais crítico do que nunca e está crescendo dia a dia, entrando na nova era da TI.

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map