Magento vs WordPress vs Drupal para a criação de sites de comércio eletrônico

magento wordpress woocommerce drupal ecommerce


Procurando criar um site de comércio eletrônico com a maior rapidez e eficiência possível, usando a tecnologia certa? Bem, você veio ao lugar certo. Porque aqui, vamos revisar três dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais amplamente usados ​​na criação de sites de comércio eletrônico.

Eu gostaria de dizer que criar um site de comércio eletrônico com o CMS certo é fácil, mas realmente não é. Independentemente da plataforma escolhida, você aprenderá a fazer. A menos que você opte por um CMS proprietário, mas abordamos o que é isso em outro artigo.

Hoje, falaremos sobre três sistemas de gerenciamento de conteúdo de código aberto que são excelentes para criar e gerenciar uma loja online ou um site de comércio eletrônico. Cada um deles tem seu próprio conjunto de atributos únicos que os diferenciam dos outros e os tornam uma escolha popular.

Leia: Quanto custa uma loja online?

Portanto, sem mais delongas, vamos ver o que cada um desses sistemas de gerenciamento de conteúdo teria a oferecer para seu futuro site de comércio eletrônico!

Magento

Atualmente, o Magento é a plataforma de comércio eletrônico mais popular do mundo. Com cerca de 300.000 comerciantes usando, muitas pessoas podem argumentar que é uma plataforma incrível ter uma loja funcionando. Está no mercado desde 2007 e está em um caminho constante para o sucesso, com grandes players como o eBay, que o compraram.

O motivo de sua enorme popularidade é que ele é excelente para empresas de médio e grande porte..

Magento é uma plataforma auto-hospedada que é completamente personalizável e pode ser usada por pessoas com zero experiência em programação ou muita experiência em programação. Mas se você mergulhar nela com zero experiência, terá uma longa curva de aprendizado. Se você não sabe muito sobre programação e também não quer aprender muito, deve pular usando o Magento.

O Magento tem três versões e analisaremos a mais usada, a Community Edition (Magento: CE). Há também a Enterprise Edition e a Enterprise Cloud Edition, mas deixaremos isso de fora por enquanto. Então, o que o Magento tem a oferecer aos seus usuários?

O Magento é fácil de usar?

O Magento é melhor usado pelos programadores, porque não é um sistema fácil de usar. Mesmo a primeira etapa do uso do Magento (instalação do sistema) requer uma conexão FTP. Isso não deve ser um problema para um desenvolvedor, mas definitivamente não é como os sistemas de gerenciamento de conteúdo amigáveis ​​funcionam.

Mas para os desenvolvedores, o Magento pode ser bastante útil e facilitar o trabalho deles. A interface é razoável e todo o sistema é muito seguro.

Se você é proprietário de uma empresa com pouco conhecimento em programação e ainda encontra um motivo sólido para usar o Magento para sua empresa, pode. Você pode contratar um desenvolvedor para trabalhar para você e ajudá-lo a gerenciar sua loja online.

Depois de entender algumas coisas, executar tarefas administrativas diárias se torna bastante fácil. A parte mais difícil de usar o Magento é a parte da personalização. Criar o design e as funções do seu site requer muito trabalho e muito conhecimento do desenvolvedor. Até o download e a configuração do Magento estão além da capacidade de um usuário comum.

Recursos do Magento

É aqui que o Magento realmente brilha, porque possui a lista mais extensa de recursos que qualquer plataforma de comércio eletrônico já viu. É a razão pela qual grandes empresas o usam para administrar suas lojas. Ele fornece todas as ferramentas necessárias para gerenciar produtos e dinheiro em várias moedas. Tudo o que você precisa para marketing e otimização de mecanismo de pesquisa também está incluído.

Você também possui muitos recursos extras, como códigos de cupom, gerenciamento de boletins, descontos, grupos de clientes, gerenciamento de clientes e assim por diante. Mas se você precisar de outro recurso, encontrará facilmente uma extensão que fornece.

Magento possui os seguintes recursos:

  • Crie um site do zero – A edição comunitária do Magento é gratuita e funciona muito bem para uma empresa de pequeno ou médio porte que está a caminho de torná-la grande.
  • Ferramentas de SEO – Tudo no Magento usa URLs amigáveis. Ele também lida com meta-informação, meta-dados e páginas de conteúdo muito bem. O Google Site Map também está incluído. No geral, o Magento tem um bom SEO pronto para uso.
  • Analytics – Você pode acompanhar facilmente o comportamento dos usuários e fazer com que o Magento faça relatórios regularmente. Você também pode obter informações sobre impostos, vendas e muito mais. Com o Google Analytics sendo integrado ao sistema, a coleta de dados se tornou muito mais fácil.
  • Simpatia móvel – Web design responsivo é essencial no ambiente da Internet atual. Quase metade do tráfego on-line é de dispositivos móveis, portanto, é natural que sua loja on-line seja otimizada para eles. Você também pode acessar seu painel de administração pelo celular e gerenciar pedidos e vendas, não importa onde esteja.
  • Administração – Magento permite gerenciar vários sites em um único painel de administração, gerenciar permissões para diferentes usuários e facilita muito a importação e exportação de grandes quantidades de dados com arquivos CVS.
  • Marketing – O Magento oferece vários recursos úteis de marketing, como o uso de códigos de cupom, um carrinho de compras persistente ou o envio de listas de desejos dos usuários por email. Você também pode mostrar produtos relacionados em seu site e fazer up-sells e cross sells. Os clientes podem ser colocados em grupos, o que permite um gerenciamento mais fácil e a capacidade de oferecer melhores ofertas de produtos.
  • Processo de pagamento- Os clientes não precisam se registrar para comprar em sua loja; eles podem usar o checkout de convidado. Os produtos também podem ser enviados para vários endereços e em várias direções. Você também pode ver relatórios de custos estimados de remessa e impostos no carrinho de compras, para que ninguém tenha uma surpresa inesperada depois que o item for vendido.
  • Gestão de produtos – O Magento possui todas as ferramentas necessárias para executar até as maiores lojas online. Você pode fornecer produtos com um número ilimitado de atributos que ajudam os usuários a encontrá-los. Você pode aplicar regras de preços e descontos avançados se os produtos forem pedidos em grandes quantidades ou se houver algum tipo de desconto aplicável a eles. Os clientes podem ser classificados e filtrados, para que você possa ajudá-los a encontrar exatamente o que precisam. Adicione um botão “Compartilhar no Facebook” para permitir que os usuários compartilhem o que amam e deixe sua loja expandir.
  • Gestão de inventário – Existem muitos recursos que ajudam a acompanhar as remessas de novos produtos e todos os itens que você está recebendo e vendendo.

Web Design e Modelos para Magento

Como em qualquer outro CMS, você pode baixar modelos de sites pré-criados e personalizá-los mais tarde. Fazer isso é um processo exigente e demorado, mas você pode definitivamente montar o site que imaginou. Alguns modelos são totalmente gratuitos, enquanto outros são pagos. Depende do seu gosto e da sua carteira, quanto você deseja investir na aparência do seu site. Um dos melhores lugares para procurar esses temas é o ThemeForest.

A versão mais recente do Magento, Magento 2.0, ainda não possui muitos temas, mas as versões anteriores, como a 1.9, têm muitos. Você pode baixar alguns temas impressionantes e totalmente responsivos, com aparência verdadeiramente profissional e dignos até das maiores lojas on-line.

Extensões Magento

Qualquer pessoa da comunidade Magento pode desenvolver sua própria extensão para o Magento. Eles podem criar novos aplicativos e extensões para a plataforma que podem vender ou fornecer gratuitamente.

Você pode baixar calculadoras automáticas de impostos, uma barra de pesquisa ou várias ferramentas de marketing que aumentam sua eficiência geral.

Magento Security

O Magento oferece alguns serviços caros, mas eficazes, quando se trata de corrigir a segurança do seu site. Eles resolverão praticamente qualquer problema para você, mas esperam pagar alguns milhares de dólares pelo serviço. Eles não têm vergonha de exigir dinheiro por qualquer apoio que prestam, pois você mesmo estará ganhando dinheiro com o sistema que eles criaram.

Você pode esperar nada menos que um serviço sólido se procurar a equipe de suporte do Magento para obter ajuda.

O preço do uso do Magento

A edição da comunidade, que estamos analisando aqui, é totalmente gratuita, embora as outras versões não sejam. Eles exigem que você se inscreva com todas as suas informações de contato e envie à empresa uma cotação de solicitação, junto com seu e-mail.

Se você levar isso em consideração e a quantidade de dinheiro que gastaria na contratação de desenvolvedores para ajudar (se você não tiver o conhecimento técnico necessário), o Magento pode realmente ser uma das plataformas de comércio eletrônico de código aberto mais caras do mercado..

O veredito

O Magento é um sistema robusto com uma quantidade infinita de personalizações. É perfeito para empresas de qualquer tamanho e pode ser dimensionado de uma pequena empresa on-line para uma grande empresa facilmente. Foi instalado por 4 milhões de usuários e administra a loja de grandes empresas por um motivo. Mas definitivamente não é para todos. Uma pessoa que não seja especialista em tecnologia provavelmente se perderá no processo de instalação, muito menos poderá personalizar um site e adicionar várias funções. Para construir uma loja Magento bem-sucedida, você também precisará de uma hospedagem confiável. Analisamos os 3 principais provedores de hospedagem Magento que você deve considerar em seu site.

Se você deseja usar o Magento, com conhecimento de programação suficiente, pode fazer muito de graça, mas, quando chegar a desenvolvedores e outros recursos externos, as coisas provavelmente ficarão mais caras do que em outras plataformas de comércio eletrônico.

Você pode conferir e começar a usar o Magento aqui!

WordPress

O WordPress é o sistema de gerenciamento de conteúdo mais popular da Internet no momento. Ele foi baixado e instalado cerca de 60 milhões de vezes e todo quarto site é criado com ele. Ele está sendo usado por sites e marcas famosas, como o Wall Street Journal, Forbes, TED, eBay, PlayStation, General Motors, New York Times, etc..

O WordPress tem um sucesso extraordinário, mas foi construído inteiramente por voluntários e é totalmente gratuito, graças à sua natureza de código aberto. É constantemente mantido com novas atualizações, funcionalidades e temas adicionados regularmente. Sendo um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais amigáveis ​​do mercado, o WordPress é amado em toda a Internet, oferecendo muitas funcionalidades e estabilidade aos usuários.

Também é rápido e pode ser instalado sem problemas nos servidores de qualquer provedor de hospedagem, o que o torna incrivelmente flexível.

O WordPress é um poderoso sistema de gerenciamento de conteúdo em si, mas quem procura transformar seu site WordPress em um site de comércio eletrônico completo usa um plug-in para fazer isso. Existem muitos plugins de comércio eletrônico bons que podem ser usados ​​para criar uma loja on-line, mas focaremos em um plugin chamado WooCommerce.

O WooCommerce é um plugin de cartão de compras de código aberto gratuito para WordPress. Foi baixado mais de 28 milhões de vezes e possui quase 2 milhões de lojas ativas em execução enquanto falamos. Cerca de 40% de todos os sites de comércio eletrônico da Web são executados com ele, o que o torna uma das plataformas de comércio eletrônico mais bem-sucedidas.

Embora os números falem por si mesmos, vamos ver como o WordPress com WooCommerce nos ajuda a criar um site de comércio eletrônico.

WordPress é fácil de usar?

O WordPress é um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais fáceis de usar e o WooCommerce se integra perfeitamente a ele. Praticamente qualquer pessoa, sem experiência técnica, pode configurar sua loja online. Obviamente, quando você se afasta das funcionalidades básicas e deseja adicionar algo mais personalizado, precisará de pelo menos algum grau de codificação. Mas você pode se sair bem sem ele também.

Após a instalação do WooCommerce, você terá um conjunto decente de recursos de comércio eletrônico para criar sua loja online. Ele foi construído em calculadoras para despesas e estimativas de envio, moedas, preços variados para zonas de envio e assim por diante.

É claro que, embora seja bastante simples, você precisará assistir a alguns vídeos tutoriais para entender o jeito e criar um site adequado. Mas este é o mais fácil de usar entre os três sistemas de gerenciamento de conteúdo mencionados aqui.

Também é importante mencionar que o WooCommerce e o uso do WordPress como uma plataforma de comércio eletrônico não são apresentados sem um conjunto razoável de desvantagens. Não é perfeito, mas pode ser bom para todos os tipos de negócios on-line. Depende apenas do que você está construindo.

Recursos do WordPress

O WooCommerce e o WordPress vêm com muitos recursos úteis imediatamente, mas você ainda precisará instalar várias extensões para completar o círculo. Também é importante dizer que, embora o WordPress e o WooCommerce sejam ambos gratuitos, você pode acabar gastando uma quantia significativa de dinheiro em temas, outros plugins ou talvez contratar um desenvolvedor para ajudar. Personalizar o design e a funcionalidade do seu site pode ser uma tarefa exigente.

  • Simpatia com SEO – O WordPress possui as melhores práticas de SEO, o que torna o gerenciamento do seu SEO e a classificação mais alta nos mecanismos de pesquisa uma tarefa um pouco mais fácil. Fazer um bom SEO é um processo demorado, mas o WordPress ajuda você a fazer bastante trabalho no seu SEO na página.
  • Revisão de produtos – Você pode tornar seu site mais confiável, permitindo que seus usuários escrevam suas próprias opiniões sobre os produtos que está vendendo.
  • Design totalmente responsivo / compatível com dispositivos móveis – Quase metade de todo o tráfego na Internet é proveniente de dispositivos móveis, portanto, não é de admirar que sua loja tenha a mesma aparência e a mesma funcionalidade no celular seja uma boa idéia. Dessa forma, seus clientes podem agilizar e fazer pedidos de qualquer lugar. Você também pode gerenciar pedidos de qualquer lugar.
  • Processo de checkout contínuo – Ninguém gosta de complicar as coisas quando se trata de comprar um item, e é por isso que o WooCommerce tem um processo de checkout de uma única página. Eles podem fazer check-out como convidados ou criar sua própria conta.
  • Compras suaves – As páginas não precisam ser recarregadas se o usuário clicar em adicionar ao carrinho. O WooCommerce torna as compras um processo fácil e direto para todos.
  • Cupons e descontos – Você sempre pode definir descontos para aplicar por um determinado período.
  • Ferramentas de análise – O WooCommerce vem com um conjunto de ferramentas de análise para monitorar lucros e rastrear pedidos.
  • Suporte para localização geográfica – Seu site pode ser configurado para fornecer custos estimados de impostos e frete a todos os usuários, rastreando a localização geográfica.
  • Gerenciamento de produtos sem costura – Com o sistema interno de gerenciamento de inventário do WooCommerce, ele ajuda a acompanhar todos os pedidos e itens que você tem em estoque ou permite que você tire itens de estoque da sua loja.
  • Processo de pagamento – Você tem cinco meios de pagamento que podem ser utilizados: PayPal, Pagamento na entrega, Cheque, Transferência bancária direta ou Simplificar o comércio. Mas você também pode adicionar outros como Amazon Payments, Stripe e assim por diante.
  • Oferece suporte a bens físicos e digitais, além de produtos externos e afiliados – Você pode adicionar praticamente qualquer tipo de produto à sua loja.

Suporte WordPress

Você tem muitos usuários dedicados para ajudá-lo com qualquer problema que possa ter. Você pode contatá-los através de um fórum ou seguir os blogs de desenvolvedores que fornecem guias abrangentes. Existem muitos tutoriais em vídeo para ajudá-lo e muita documentação sobre todos os nós do sistema. Quaisquer informações necessárias para aprender e resolver problemas, você tem ao seu alcance. Mas você precisará comprar um dos produtos da WooCommerce para colocar suas mãos na base de informações.

Desvantagens do WordPress

O principal problema com o uso do WordPress em um site de comércio eletrônico é que a maioria dos plugins foi desenvolvida para lojas on-line de nível básico e é difícil fazer com que elas se adaptem às grandes empresas. Muitos plug-ins de comércio eletrônico do WordPress têm falta de documentação e um mau suporte ao cliente que não o levará longe. Quanto maior seu sistema, mais erros haverá se você não tomar cuidado, que é um problema que deve ter um livro escrito sobre ele.

Por enquanto, aqui estão algumas das questões básicas do uso do WordPress na criação de um site de comércio eletrônico.

  • Limitações do tema – Teoricamente, o WooCommerce funciona com qualquer tema, mas ainda funciona melhor com temas do WooCommerce, o que significa que você tem menos flexibilidade ao escolher os temas do seu site..
  • Suporte limitado – O WooCommerce não tem muito suporte profissional e, mesmo que você consiga entrar em contato com a equipe de suporte, terá que esperar algum tempo para que eles respondam..
  • A operação pode ficar com erros – O WordPress pode ficar com erros de vez em quando. Todo mundo sabe disso, e quanto mais plugins você instalar (o que você precisará fazer), maior a chance de encontrar alguns bugs. É claro que todos esses bugs podem ser solucionados, é preciso alguma atenção, o que não é uma tarefa interessante para nenhum de nós..
  • Tem que ser atualizado o tempo todo – Sim, o WordPress e a maioria de seus plugins e temas são atualizados constantemente, o que torna todo o sistema muito mais confiável e estável. Mas lembre-se de que você deve instalar cada uma dessas atualizações e fazê-lo com frequência, o que pode ser uma chatice ao longo do tempo e pode causar erros também.

O veredito

O WordPress e o WooCommerce são muito amigáveis ​​e buscam tornar a construção de uma loja on-line o mais fácil possível para todos. Embora não seja um sistema perfeito, ele ainda faz o trabalho e, com um pouco de ajustes e personalização, pode ser transformado em um magnífico site de comércio eletrônico. Lembre-se de que uma loja online requer muito mais recursos do servidor que um site comum. Se você usará o WooCommerce para criar sua loja online, recomendamos usar apenas os melhores provedores de hospedagem do WooCoommerce.

Mas é importante mencionar que o WordPress não é ótimo para lidar com grandes lojas online de nível empresarial. Isso pode ser feito, mas outros sistemas podem lidar com grandes quantidades de dados muito melhor.

Esse CMS é perfeito para quem procura construir sua loja on-line, com o mínimo de ajuda e o menor número de recursos possível. Você terá que gastar algum dinheiro no seu sistema eventualmente, mas será muito menos do que seria com o Magento, se você fizer isso corretamente.

Se você usar o conjunto certo de plug-ins para o trabalho, tudo poderá ser feito com esta plataforma amigável!

Você pode baixar e usar WordPress e WooCommerce aqui!

Drupal

O Drupal é um poderoso sistema de gerenciamento de conteúdo de código aberto que foi otimizado como um meio social, tornando-o excelente para sites de comércio eletrônico e qualquer tipo de site da comunidade. É também uma estrutura de desenvolvimento de aplicativos, que simplifica o trabalho dos desenvolvedores com código de fácil manutenção e uma interface de usuário comum.

O Drupal é uma excelente plataforma, das menores às maiores empresas on-line, graças à sua flexibilidade.

O Drupal é um sistema de gerenciamento de conteúdo simples e sofisticado, que pode ser usado em várias plataformas, como Linux, Windows e Mac OS X. Graças à sua natureza de código aberto, você pode fazer alterações no código e adicionar outras funcionalidades conforme desejar. . Seu script poderia ser chamado de plataforma de programador a um script CMS, e é por isso que os desenvolvedores podem fazer o melhor uso do Drupal. É um aplicativo de nível empresarial que não é nada menos que profissional. Também é gratuito, para que qualquer pessoa de qualquer lugar possa baixá-lo e começar a criar seu site.

Até usuários inexperientes podem criar seu próprio site apenas assistindo a alguns tutoriais e entendendo os conceitos básicos. Mas personalizar o design e as funcionalidades de um site requer um conhecimento mais amplo. Ainda assim, depois que você pega o Drupal, é fácil de usar e a variedade de funções e recursos que se pode implementar são muitas. Você pode tornar seu trabalho infinitamente mais fácil. A simplicidade e os recursos robustos do Drupal reduzem bastante a quantidade de tempo gasto com aprendizado e treinamento. A riqueza de documentação e a enorme comunidade também ajudam bastante quando se trata de aprender.

Instalar o Drupal é um processo realmente simples, qualquer pessoa que esteja familiarizada com a instalação de programas simples ou aplicativos da web. Você pode fazer o download de vários módulos (cerca de 15.000) para estender a funcionalidade do Drupal ou criar a sua própria, se tiver experiência em PHP e entender a estrutura do Drupal.

Em resumo, o Drupal é perfeito para ter controle absoluto sobre a lógica de negócios e o layout do seu site. Uma coisa é certa: este software atenderá às suas necessidades comerciais.

Depois de decidir criar um site de comércio eletrônico, o módulo que você precisa instalar é o Drupal eCommerce. Este módulo oferece todas as funcionalidades necessárias para criar e gerenciar uma loja online ou qualquer tipo de site de comércio eletrônico. Agora, vamos ver quais vantagens essa plataforma pode oferecer a alguém que procura desenvolver um site de comércio eletrônico e como o Drupal se destaca entre os outros.

O Drupal é fácil de usar?

Embora o Drupal seja mais orientado ao desenvolvedor, ele também é muito fácil de usar. Até usuários inexperientes podem lidar com isso e criar seu site logo após o processo de instalação sem interrupções. Você pode baixar os temas e módulos necessários em qualquer lugar.

Gerenciando um site de comércio eletrônico com o Drupal

Algumas plataformas de comércio eletrônico são melhores para gerenciar uma loja online do que o Drupal. Importar e exportar produtos provaram ser mais difíceis do que no Magento, por exemplo. Mas esse problema pode ser facilmente tratado depois de instalar os módulos corretos. O único problema é que você precisará instalar várias delas antes de obter toda a gama de funções necessárias para gerenciar perfeitamente um site.

A comunidade Drupal está constantemente apoiando seu software, sempre estendendo-o com as extensões necessárias para resolver certos problemas.

Drupal Design & Temas

Drupal é muito flexível quando se trata de design. O script também inclui vários elementos de design e ferramentas para edição.

Você pode fazer o download de vários temas e dar ao seu site a aparência profissional necessária e estará apenas arranhando a superfície de seu potencial. Você pode alternar facilmente com os temas e personalizá-los de acordo com o seu gosto, com algum conhecimento de CSS. Depois de pegar o jeito da personalização, fica muito fácil.

Se você deseja alternar entre vários temas em qualquer lugar, durante uma temporada de férias ou por outros motivos, será fácil fazê-lo. Há muitos temas gratuitos e pagos para você escolher.

Recursos do Drupal

Drupal é rico em recursos úteis de comércio eletrônico. O primeiro recurso mais poderoso do Drupal é que ele minimiza o número de recursos codificados que você precisa ao criar seu site. Você criará facilmente um site que atenda às demandas da sua empresa. O sistema principal é capaz de gerenciar seus produtos, criar formulários de pagamento, um carrinho de compras e assim por diante. Você pode ter sua loja on-line operando com vários idiomas e várias moedas. Mas o Drupal e seu módulo de comércio eletrônico também oferecem muitos outros recursos incrivelmente úteis.

  • Gerenciamento de conteúdo incrivelmente eficiente – Esse é um dos conceitos básicos da terminologia do Drupal. Os tipos de conteúdo tornam o gerenciamento de vídeos, usuários, texto, estatísticas, áudio, artigos, imagens e literalmente tudo o que você deseja publicar em seu site. A estrutura do Drupal facilita infinitamente as tarefas de gerenciamento e administração. Você também pode categorizar qualquer conteúdo através de caminhos, endereços URL e usá-los ou exibi-los da maneira que desejar.
  • Vasta gama de módulos disponíveis – O Drupal possui milhares de módulos disponíveis, cada um com sua função exclusiva. Muitos deles são de código aberto e podem ser aprimorados para se ajustarem melhor a você. Mas você também pode desenvolver seu próprio módulo se tiver o conhecimento PHP necessário.
  • Comércio Drupal – O Drupal Commerce tem vários benefícios quando se trata do SEO do seu site. Faz com que gerar conteúdo e editá-lo por vários usuários seja um processo contínuo. Um fluxo bem programado de conteúdo de qualidade leva a um bom SEO, o que é bom para os negócios. Você pode facilmente criar blogs, fóruns, adicionar comentários e produzir URLs amigáveis ​​para SEO e assim por diante. O link interno é otimizado através do CMS e também permite que links baseados em texto sejam implementados.
  • Ferramentas de marketing – É aqui que o Drupal Commerce realmente brilha, porque seus criadores entenderam a importância do marketing on-line enquanto administravam um negócio on-line. O Drupal por si só é uma incrível plataforma de marketing on-line e o Drupal Commerce aprimora isso bastante. Faz duas coisas muito bem, Otimização para mecanismos de pesquisa e otimização de taxas de conversão. O SEO do Drupal é de primeira linha, o que pode ajudá-lo a obter uma classificação alta nos mecanismos de pesquisa. Além disso, você pode monitorar constantemente suas análises ou análises enviadas pelos outros usuários do Drupal Commerce. Todos os dados coletados do log e das estatísticas permitem que o proprietário da empresa faça previsões e decisões muito melhores. Com as ferramentas de análise disponíveis, você pode visualizar constantemente quantos visitantes seu site está recebendo no momento. O Drupal também facilita muito a publicação de conteúdo da maneira que você deseja, o que também ajuda seus esforços de SEO. Ele também suporta feeds RSS e agregadores de feeds, o que dá um grande impulso ao seu marketing de conteúdo.
  • Comunidade enorme e grande apoio – O Drupal possui uma comunidade de 630.000 usuários, todos os que colhem os benefícios deste poderoso CMS. O Drupal tem uma página inicial cheia de documentação e um quadro de discussões, onde as pessoas tentam encontrar soluções para os seus próprios problemas ou para os de outras pessoas. Há muitas informações para ajudá-lo a aprender, e qualquer problema que você possa ter encontrado provavelmente foi encontrado e resolvido por outra pessoa. Graças à sua grande base de desenvolvedores, o Drupal está sendo constantemente desenvolvido, com novas versões e atualizações sendo lançadas constantemente. O Drupal Commerce tem sua própria equipe de suporte dedicada, a quem você pode entrar em contato quando precisar de ajuda. Eles estão disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana e cooperarão na solução de qualquer problema comercial ou empresarial que você encontrar.

Desvantagens do Drupal

  • Costumização – Instalar o Drupal e montar um site é algo que mesmo uma pessoa que não conhece tecnologia, pode fazer, mas fazer modificações é uma história totalmente diferente. A personalização de um design e recursos no Drupal requer amplo conhecimento em CSS e PHP.
  • Precisa de algum tempo para se acostumar – A estrutura do Drupal requer um pouco de aprendizado e pode levar algum tempo. Se você está acostumado a sistemas diferentes, terá uma curva de aprendizado íngreme a percorrer.
  • Alta demanda de recursos – O Drupal oferece uma enorme variedade de recursos e possibilidades, mas isso afeta o servidor em que está armazenado. Por ser tão pesado, não é tão eficiente quanto outros sistemas, como o WordPress, mas você pode corrigir o problema com alguns módulos. Esses módulos desativam recursos não utilizados no Drupal e diminuem a carga que ele coloca no servidor em que está sendo executado..

O veredito

O Drupal pode ser uma ferramenta realmente poderosa de criação de sites de comércio eletrônico, se usada corretamente. Ele tem uma curva de aprendizado íngreme e ajuda muito a ter algum conhecimento sobre desenvolvedores da Web, se você quiser aproveitar ao máximo o mais rápido possível. Não estou dizendo que você deve ter conhecimento de desenvolvimento da web, mas acabará enfrentando alguns problemas que não pode resolver apenas com o conhecimento básico. Mas qualquer um que esteja disposto a escalar essa íngreme curva de aprendizado e disposto a investir, terá o jeito de usar o Drupal.

O Drupal é ótimo ao administrar as lojas online de nível empresarial menores ou mesmo maiores, graças aos seus recursos robustos e à possibilidade de construir toda a lógica de negócios. Você também terá mais facilidade em gerenciar e acompanhar grandes quantidades de dados do que em muitos outros sistemas de gerenciamento de conteúdo. Não se esqueça que um site Druapl também requer uma boa hospedagem na web. Se você está procurando servidores de hospedagem confiáveis ​​para sua loja construída no Drupal, consulte os principais provedores de hospedagem Drupal recomendados.

Portanto, se você deseja criar um site de comércio eletrônico que faça o trabalho, você pode definitivamente fazê-lo com o Drupal quando entender o que está acontecendo ou com o desenvolvedor certo para ajudá-lo.!

Você pode conferir e baixar o sistema de gerenciamento de conteúdo Drupal aqui.

Conclusão

Aí está! A batalha das melhores plataformas de comércio eletrônico de código aberto disponíveis na internet! Os três se mantêm firmes, cada um oferecendo muitos recursos para a execução de um site de comércio eletrônico. A pergunta, que é melhor que a outra, não pode ser respondida com segurança absoluta, porque depende do tamanho da sua empresa, do seu conhecimento em desenvolvimento da Web e do tipo de empresa que você irá construir.

Com os pontos fortes e fracos de cada CMS, é você quem decide qual deles atenderá melhor aos seus negócios e orçamento.!
Imagem em destaque Desenhado por Freepik

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map